Desenvolvimento do hipercarro Alpine A424 continua em Aragão

by Colaborador

Depois dos aprendizados dos primeiros testes realizados recentemente no Circuito Paul Ricard, as equipes da Alpine e da Signatech trabalharam nas evoluções do A424 e finalizaram o software definitivo de gestão do carro.

Todos os novos recursos foram testados durante os dias de trabalho no simulador, seguidos de testes reais em pista no circuito de Lurcy-Lévis, onde foram percorridos 780km durante dois dias de pré-testes. Além das validações, os testes de rodagem permitiram aperfeiçoar as regulagens dos sistemas de frenagem, diferenciais e outros itens fundamentais, para uma boa preparação com o objetivo de atualização da sessão em Aragão.

Na quarta-feira passada, o Alpine A424 iniciou uma nova sessão de desenvolvimento no circuito Motorland, com um intenso programa de trabalho que se estendeu por dois dias. Cada volta na pista foi ritmada por sprints curtos e longos, cujas informações dos pilotos em relação ao carro resultaram em dados valiosos para o trabalho dos engenheiros.

Nicolas Lapierre percorreu 758 km – incluindo dois sprints de 36 voltas – na tarde do primeiro dia, permitindo que as equipes trabalhassem diferentes componentes do carro, principalmente a altura da carroceria, para otimizar a aerodinâmica.

Os sprints longos realizados em revezamentos duplos tiveram como objetivo principal favorecer a compreensão da resistência dos pneus Michelin WEC 2024 e o comportamento térmico sob o capô. Já os sprints curtos permitiram ajustar o equilíbrio aerodinâmico, distribuição do peso e funcionamento do sistema de hibridação.

As equipes também aproveitaram estes dois dias de testes para dar início a um profundo trabalho de afinação das regulagens mecânicas.

O Alpine A424 volta a ser testado na pista de Jerez, de 17 a 19 de outubro, onde será realizado mais um trabalho de ajuste antes da primeira sessão de endurance marcada para meados de novembro, tendo como meta principal a preparação para a homologação que se aproxima. Até lá, o A424 estará em Viry-Châtillon para que os engenheiros continuem o trabalho de aperfeiçoamento das fases chamadas “de garagem” – incluindo os testes do motor – e análise dos componentes elétricos e eletrônicos.

Bruno Famin, vice-presidente, Alpine Motorsports:

“O trabalho das diferentes equipes envolvidas com o A424 continua avançando e é muito bacana ver que se criou uma verdadeira sinergia entre todos os envolvidos no projeto. Foram dois dias bem intensos, concluindo todas as etapas de testes de rodagem, demos início ao trabalho de ajustes dos diferentes sistemas do carro e da aerodinâmica em Aragão. O planejamento está direcionando o seu curso, mas isso é apenas o começo e ainda temos uma quantidade enorme de coisas para fazer, em todos os sentidos. Vamos nos manter concentrados nas próximas etapas, principalmente o primeiro teste de resistência e os preparativos para a homologação”.

Philippe Sinault, Diretor da Alpine Endurance Team:

“Os testes evoluíram muito bem. Confirmamos os pontos positivos registrados no circuito Paul Ricard aqui no Motorland e o carro continua a apresentar um bom comportamento. Esta foi uma etapa-chave do programa, pois concluímos os testes de rodagem e demos início ao ajuste dos componentes, como o sistema de hibridação, motor e chassi. O Matthieu e o Nico percorreram mais de 1.500 km, às vezes com revelações duplas, sem qualquer problema de confiabilidade, então foram dias bastante esmagadores e construtivos. Nesta etapa, conseguimos iniciar de verdade nosso papel operacional, principalmente a compreensão do carro e configurações das regulagens certas. A colaboração em equipe é evidente e favorece conversas produtivas para este grande desafio que juntos teremos pela frente. Ainda temos muito trabalho a fazer, mas não estamos no caminho certo”.

SOBRE UM ALPINO

Fundada em 1955 por Jean Rédélé, a Alpine sempre se destacou com seus carros esportivos com estilo francês. Em 2018, a marca apresentou o novo A110, um carro esportivo fiel aos princípios atemporais da Alpine em matéria de compacidade, leveza, agilidade e prazer de dirigir. Em 2021, foi criada a Unidade de Negócios Alpine. Assim, ela se tornou uma marca dedicada aos carros esportivos inovadores, autênticos e exclusivos do Grupo Renault, que se beneficia do legado e do know-how de sua histórica fábrica de Dieppe, bem como da maestria da engenharia das equipes da Alpine Racing e da Carros Alpinos.

Fonte: Stellantis

You may also like

Produção

PRC RACE & TOW
GRAND PRIX SERVICE CONSULTING

COLABORADORES

A opinião dos colunistas não reflete necessariamente a opinião dos editores e/ou das empresas responsáveis por esse projeto.

Nossos colaboradores participam voluntária e gratuitamente desse projeto.

Email: contato@aovolante.tv.br