Nova Volkswagen ID4

Tenho certeza que, assim como nós, você também está com saudade do Salão do Automóvel e por sorte não somos os únicos. Algumas montadoras compartilham do mesmo sentimento de ansiedade, para nós de estar na próxima edição como espectadores, para eles de exibir seus novos lançamentos e protótipos. Prova disso foi a última manobra da Volkswagem, que aproveitou o São Paulo Boat Show para apresentar o novo  SUV da família ID o – já eleito – carro do ano de 2021 no exterior: o ID.4!

A Volkswagen reforça seu posicionamento rumo à eletrificação e trouxe para os brasileiros pela primeira vez o ID.4, o SUV 100% elétrico da família ID. O modelo será a estrela do estande do São Paulo Boat Show, que abriu as portas no último dia 4 de novembro.

Sucesso na Europa, o ID.4 mostra o que há de mais moderno em termos de eletrificação da marca Volkswagen. A versão que estará presente no evento traz motor de 204 cv e torque de 310 Nm, alimentado pelo conjunto de baterias de 77 kWh que proporciona uma autonomia de até 522 km no ciclo europeu (WLTP). Um importante destaque é que seu sistema de recarga rápida pode recuperar até 80% da bateria em aproximadamente 30 minutos, considerando a recarga DC (100 kW).

Entre os destaques do modelo estão head-up display, com informações projetadas no para-brisa em realidade aumentada, além de projeção de dados em 3D. O ID.4 também é equipado com softwares com ‘Updates Over-the-Air’, constantemente atualizados para oferecer a melhor experiência para os seus usuários. O SUV elétrico foi eleito ‘World Car of the Year 2021’, o mais conceituado prêmio da indústria automotiva, avaliado por jurados de todo o mundo, inclusive da região América Latina.

Talvez uma das maiores diferenças do O ID.4 é que o SUV já nasceu elétrico, montado sobre a plataforma MEB, dedicada exclusivamente aos automóveis elétricos do Grupo Volkswagen.

O time de design da Volkswagem comandada pelo brasileiro Marco Pavone, Head Mundial de Design Exterior da Volkswagen, caprichou nos vincos e na fluidez da carroceria, deixando o SUV com uma cara bem moderna. Por dentro, o habitáculo apresenta grande espaço e aproveitamento típico dos carros elétricos. A ausência de um túnel central, o posicionamento das baterias no assoalho do carro, o entre-eixos longo e os balanços dianteiro e traseiros curtos contribuem para um amplo espaço para motorista e passageiros. No que se refere ao design interno, o SUV impressiona pela utilização de materiais requintados e pela praticidade dos elementos disponíveis para quem está a bordo, nada de plástico duro no interior.

Nivus Estilizado:

Em seu estande de 170 m² no São Paulo Boat Show, a Volkswagen apresentará também o crossover Nivus, que acaba de entrar na linha 2022. Durante o evento, ele aparece com a carroceria adesivada para reforçar o recente anúncio sobre o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Biocombustíveis. O Brasil sediará e liderará o projeto voltado para o estudo de soluções tecnológicas baseadas em etanol e outros biocombustíveis para mercados emergentes, que utilizam energia limpa, para a combustão e soluções híbridas. Com isso, a empresa busca minimizar as mudanças nas plataformas atuais e foca na produção neutra de CO2. Este centro será totalmente independente no desenvolvimento de tecnologias alternativas para o Grupo Volkswagen em nível global.

No plano de descarbonização da Volkswagen, que visa neutralizar as emissões de CO2 até 2050, modelos elétricos vão se juntar no futuro aos modelos híbridos e flex com etanol na região.

Taos e Amarok 2022.

Ainda pegando carona no São Paulo Boat Show, a Volkswagem trouxe outros dois modelos “queridinhos” da marca para acompanharem o ID.4. Representante da maior ofensiva de SUVs do Brasil, que conta também com Nivus e T-Cross, o recém-lançado Taos também estará exposto aos visitantes.

Equipado com motor 250 TSI Total Flex e transmissão automática de seis marchas, o SUV médio Premium produzido em Pacheco, na Argentina, entrega eficiência e performance acima da média. Entre outros atributos estão excelente espaço interno, e um bom porta-malas para sua categoria (498 litros), acabamento premium e pacote tecnológico e de segurança que inclui AEB (Frenagem Autônoma de Emergência) com detecção de pedestre e o ACC (Controle Adaptativo de Cruzeiro) com função Stop&Go.

Já a Amarok V6, aparece em sua versão Extreme. Conhecida pela seu conforto de SUV na cidade, e sua potencia de 258 cv que deixa a picape leve e gostasa de ser dirigida, a Volkswagem colocou um pacote extenso de recursos tecnológicos, como freios ABS off-road, HDC (Hill Descent Control ou Controle Automático de Descida), HSA (Hill Start Assist ou Assistente para Partida em Subida) e Bloqueio Eletrônico do Diferencial. No entanto, seu principal recurso é a tração integral 4MOTION, que ajuda a fazer com que ela seja um páreo duro para a lider de vendas Ford Ranger.

E você leitor? você será um dos pioneiros e comprará u ID.4 100% elétrico ou prefere apostar na SUV Taos com motor 250 TSI?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *