O Zoe-E-Tech veio para eletrificar a sua vida

Cada vez mais os consumidores estão aderindo à mobilidade elétrica e com isso, acaba sendo mais comum encontrar estações de carregamento elétrico nos estacionamentos comerciais ou privados. E essa experiência fica ainda melhor com a EDP, responsável homologado Renault, que é o responsável pela infraestrutura da instalação dos carregadores fabricados em território nacional com a excelência e tradição da WEG, uma das maiores fabricantes de equipamentos elétricos do mundo.

Um dos primeiros modelos totalmente elétricos a serem oferecidos no mercado nacional, o Renault Zoe está prestes a passar por uma mudança completa no Brasil. A nova geração do hatch, que foi lançada na Europa há um ano e meio deve ser lançada por aqui no fim de abril trazendo visual renovado, bateria com maior capacidade, motor mais potente e, o melhor, maior autonomia.

No mercado europeu – onde é líder de vendas – o novo Renault Zoe conta com motor capaz de entregar 100kW (136 cavalos), além de nova bateria.

Agora com 52 kWh, a bateria do Renault ZOE E-TECH é a grande responsável por aumentar a autonomia do carro para 385 km. Ou seja: mais tempo para você curtir uma vida sustentável com uma única carga. Proporciona maior autonomia ao compacto (395 km no ciclo WLTP, ou 25% a mais que o anterior e sem aumentar o tamanho da bateria). Além disso, graças ao sistema de carregamento rápido, o veículo consegue ser recarregado com energia suficiente para rodar até 150 quilômetros em apenas meia hora.

O modo ECO permite que você otimize o consumo de energia. Ele modifica alguns recursos do veículo que gastam muita energia (aquecimento, ar condicionado, direção elétrica etc).

O Zoe E-TECH recarrega a bateria automaticamente enquanto você dirige. Ao mudar o câmbio do Modo D para o Modo B, o veículo aproveita 100% da energia gerada na frenagem. Uma tecnologia exclusiva do modelo, que aumenta ainda mais a autonomia do carro.

Com o sistema de carregamento Chameleon Charger, você pode carregar o seu Zoe E-TECH em diferentes potências: de 2.3 kW até 22 kW em modo AC (corrente alternada), ou em 50 kW no modo DC (corrente contínua).

Seu Zoe E-TECH também pode ser recarregado fora de casa, em pontos de recarga públicos. Para encontrá-los, você pode acessar o App PlugShare ou EDP EV Charge e conhecer as estações de recarga rápida e ultrarrápida localizadas em rodovias pela EDP.

Muitas rodovias já contam com postos de recarga públicos, através do carregamento rápido DC 50 kW, seu Zoe E-TECH precisa de apenas 30 minutos para recuperar 157 km de autonomia. E então seguir viagem.

Já com relação ao visual, as mudanças foram menos impactantes, concentrando-se na dianteira do veículo, que agora traz um estilo menos futurista e mais próximo ao dos modelos convencionais, com dois grandes nichos no para-choque que acomodam os faróis de neblina (quando disponíveis). Os faróis são de LED e trazem as luzes diurnas incorporadas. Na traseira, de acordo com a montadora, as lanternas (também de LED) garantem visibilidade 75% maior nas sinalizações.

No Brasil, como os preços do modelo anterior já haviam sido fortemente reajustados no ano passado, os valores do novo Zoe não devem surpreender – embora continuem bastante caros. Em abril de 2021, dizia-se que o novo Zoe deveria custar a partir de R$ 203.678, que seria o preço da atual versão de entrada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *