/* ]]> */

Toyota consolidou portfólio, mirando crescimento de 25% a partir de 2021

Para a indústria automotiva mundial o ano de 2020 foi desafiador, não sendo diferente para a Toyota. Com o início da pandemia, a empresa prontamente tomou medidas pela segurança de colaboradores, familiares, clientes, fornecedores, concessionários e comunidades. Mesmo com três meses de fábricas paralisadas, pelas questões de segurança e fechamento do comércio, a Toyota viu uma recuperação positiva nos últimos quatro meses do ano. Com a confiança depositada pelos clientes na qualidade e durabilidade de seus produtos, a Toyota encerrou o ciclo de 2020 com 134.892 mil unidades comercializadas. Uma queda pouco acentuada, levando em consideração os prognósticos do início da pandemia.

Na linha de produtos, dois modelos foram responsáveis por grande parte da recuperação da Toyota em 2020. O Toyota Corolla, primeiro híbrido flex do mundo, produzido na cidade de Indaiatuba (SP), vendeu 40.158 unidades. Líder do segmento de picapes, Hilux alcançou 32.395 mil unidades. Yaris, Etios, RAV4 e Camry somaram 62 mil veículos comercializados.

A chegada dos modelos Hilux e SW4 2021, lançados em novembro, colaboraram positivamente, entregando aos consumidores ainda mais conforto, potência, tecnologia e segurança. “Tudo o que fazemos para aprimorar nosso portfólio tem por base a voz de nossos clientes e suas necessidades. Ambos os utilitários, agora na linha 2021, refletem exatamente isso”, destaca Vladimir Centurião, diretor de Operações de Vendas, Pós-Vendas e Marketing da Toyota do Brasil.

Além disso, 2020 marcou a entrada definitiva da Toyota do Brasil nos serviços de mobilidade com a chegada da KINTO. A iniciativa é parte da visão estratégica global da Toyota em se tornar uma empresa de mobilidade, oferecendo serviços cada vez melhores aos consumidores em todo o mundo.

Neste processo de transformação mundial para a mobilidade, a KINTO traz em seu portfólio variadas soluções, atendendo às necessidades específicas de diferentes tipos de consumidores. No Brasil, já estão disponíveis o KINTO Share, serviço de compartilhamento de operação fácil e intuitiva, realizada por aplicativo para smartphone; e o KINTO One, solução completa para empresas que desejam terceirizar sua frota de veículos com condições diferenciadas para as marcas Toyota e Lexus, lançado em novembro de 2020.

Desde seu lançamento, o KINTO Share já conta com 33 concessionárias participantes, 130 carros disponíveis para aluguel, 20.000 usuários registrados e mais de 10.000 diárias de locação efetuadas.

De olho no futuro

Para 2021, a Toyota do Brasil espera um crescimento de 25% nas vendas.

A Toyota assumiu o desafio global de desenvolver e oferecer produtos e serviços de mobilidade cada vez mais destrutivos e tecnológicos e o Brasil faz parte desse plano. O Corolla é o primeiro veículo híbrido produzido no País, além de ser o pioneiro a mesclar a tecnologia híbrida ao etanol, tornando o líder de vendas em seu segmento um dos automóveis mais eficientes do mundo. É a intenção da empresa seguir oferecendo esses produtos no mercado nacional, enquanto consolida sua estratégia com a sua marca de luxo, a Lexus, de ser a única a oferecer um portfólio 100% eletrificado no País.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.