/* ]]> */

Mustang Mach 1

Há poucas semanas o novo Mustang Mach 1 foi anunciado pela Ford para lançamento no mercado nacional.

O Mach 1 é um pacote de performance que a Ford começou a disponibilizar nos Mustangs em agosto de 1968 para o modelo 1969, ficou em produção até 1978, foi descontinuado, retornando brevemente por dois anos entre 2002 e 2004 e agora re-lançado festivamente em 2021, com disponibilização no Brasil quase simultaneamente aos Estados Unidos, realmente um presentinho da Ford.

1969 / 1973 / 2003

O Poney Car que teve seu início de produção em 1964 e foi imortalizado em vários filmes hollywoodianos é um sucesso há mais de meio século, indo de encontro a tudo que os especialistas do seguimento declaram. Em um mundo que valoriza o espaço, conforto, economia, segurança, entre outros atributos que explicam a popularidade das SUVs, o Mustang mostra gloriosamente que a era do automóvel não morreu!

Ele é baixo com capô longo, sua visibilidade para estacionar é deficiente, não é econômico, não é silencioso, os passageiros do banco traseiro andam no limite do tolerável para um ser humano, mas o carro é um sucesso de vendas. Sucesso tão grande que a Ford comenta que concentrará sua produção nos Estados Unidos nos seguimentos das SUVs, Picapes e no Mustang, que tem até sua categoria própria na produção da Ford.

Os leitores que acompanham nossas publicações devem saber que o Mustang GT é ícone de nossa galeria, muitos dos integrantes de nossa redação consideram o melhor custo-benefício dos esportivos a disposição no mercado Nacional.

Mas se o Mustang GT já é uma máquina sensacional, como caracterizar o Mustang Mach 1? Uma máquina sensacional elevado ao quadrado!

O Mustang Mach 1 mantem aquela aparência musculosa, escapamento barulhento, motor Coyote 5.0 litros, V8 e tração traseira. Se existe uma receita para a diversão, pode acreditar que seria resumida na linha acima. Mas se você somar 483 CV de potência em um motor aspirado naturalmente, mais 556Nm de torque, você terá a receita para muita diversão e é exatamente isso que pode-se traduzir do Mustang Mach 1 2021.

Nascido para pistas, o Mustang Mach 1 carrega consigo o legado histórico de performance e esportividade combinado com a a exclusividade de uma edição limitada. Isso se traduz visualmente em cores exclusivas, com faixas de muito bom gosto que possibilitam a distinção do bólido assim que é avistado.

A edição limitada carrega consigo o legado histórico de performance com a utlização de diversos componentes dos modelos Shelby® GT350 e GT500. O motor 5.0 V8 com novo sistema de admissão e 483cv, a transmissão automática de 10 velocidades com nova calibração e o sistema de arrefecimento ainda mais eficiente ajudam a extrair o máximo de performance. A suspensão MagneRide com calibração única, as barras estabilizadoras mais firmes, os freios Brembo e a aerodinâmica refinada evidenciam que o Mustang Mach 1 é diferente dos demais Mustangs.

Desde sua dianteira, com grandes entradas de ar, passando pelas novas rodas 19″, faixas de capô e laterais em três tonalidades, aerofólio traseiro, emblema e retrovisores em cinza acetinado ao difusor traseiro do Shelby GT500 e ponteiras de escapamento de 4,5″, todos os elementos presentes no Mustang Mach 1 evidenciam seu legado histórico de performance.

A transmissão Automática de 10 velocidades com trocas de marchas manuais no volante (Paddle Shifters) e uma calibração única feita pela Ford para maior rapidez e precisão, refinam ainda mais a performance do carro (mesmo que sintamos falta da velha e boa caixa de marcha manual de seis velocidades).

O Mustang Mach 1 é equipado com a suspensão adaptativa MagneRide com uma calibração diferenciada, mais dura, para essa edição. Os amortecedores usam um fluido viscoso eletromagnético e sensores eletrônicos. As barras estabilizadoras mais rígidas auxiliam o modelo em curvas, evidenciando ainda mais sua dinâmica de alta performance.

Um dos grandes problemas que existia nas versões antigas do Mustang e que já havia sido resolvido na nova versão vem ainda melhor no Mach 1 pois sua suspensão traseira independente incorpora diversos componentes dos modelos Shelby GT350 e GT500, garantindo uma direção ainda mais precisa e esportiva.

O Mustang Mach 1 possui sete modos de condução: normal, neve/molhado, esportivo, esportivo +, pista, drag e my mode para uma experiência de pilotagem ainda mais personalizada. As mudanças dos modos ocorrem com no apertar do botão no painel central e escolher o modo desejado para configurar o comportamento do carro, desde o ronco do motor à sensibilidade da suspensão MagineRide.

Pensando de forma civilizada, mas sem deixar de ser malvado quando necessário, o sistema de escapamento com ajuste de válvula ativo permite controlar o ronco e até mesmo programar horário para partidas no modo silencioso.

O Assistente Autônomo de Detecção de Pedestres tem a capacidade de detectar pedestres à frente do veículo. Nesse caso, ele informa o motorista por sinais sonoros e visuais no painel de instrumentos. Além disso, os freios são pré-carregados, permitindo uma resposta rápida do motorista. Se o motorista não tomar medidas corretivas e a colisão for iminente, os freios podem ser acionados automaticamente, minimizando ou evitando o impacto, além disso vem equipado com 8 Air bags (dois frontais, dois laterais, dois de cortina e os de joelhos para motorista e passageiro).

“Na parte interna, o painel de instrumentos digital de 12” oferece diversos recursos de personalização. Mais do que selecionar as cores favoritas, é possível configurar o painel para mostrar as informações mais importantes, escolhendo os indicadores favoritos e adaptando a cada modo de condução. O sistema multimídia, tão importante nos dias de hoje quanto o rádio para os nossos avós, foi desenvolvido para permitir uma interação total com o veículo, possuindo uma tela de alta resolução de 8” touch screen que permite controlar as funções de entretenimento, climatização, telefone e navegador GPS. O sistema conta ainda com entradas USB, conexão Bluetooth, conectividade com Android Auto e Apple Carplay, além de comandos de voz que possibilitam ao motorista fazer/atender chamadas telefônicas e controlar as funções de áudio e navegador sem tirar as mãos do volante.

E você leitor? Gostou da chegada do novo Mustang Mach 1 no Brasil?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.