/* ]]> */

Mercedes-Benz: conheça um sonho que pode se tornar a sua realidade 2/2

Mercedes-Benz: conheça um sonho que pode se tornar a sua realidade 2

Parte 2

Cada marca de motor é única, com um projeto e uma história únicos, e com a Mercedes-Benz não é diferente. Possuir um carro, de qualquer marca, é semelhante a ser apresentado a “outra família”, então você precisa de informações para conhecer melhor a marca, o que ela representa e pelo qual ela é conhecida.

Em 2018, a Mercedes havia vendido mais de 2,3 milhões de veículos para a indústria global e era a maior vendedora de carros premium em todo o mundo. Além da sede, a fabricação e montagem dos carros Mercedes Benz ocorrem internacionalmente em várias fábricas de produção.

A Mercedes-AMG GmbH ou AMG é uma subsidiária da Mercedes-Benz AG, especializada na produção de veículos de alto desempenho, produzindo originalmente motores para carros de corrida. Os modelos AMG podem ser diferenciados de outros modelos da Mercedes-Benz por uma aparência e desempenho mais agressivos, melhor estabilidade e manuseio. Há também muito mais fibra de carbono usada para produzi-los do que outros modelos.

Isso tem um alto preço, no entanto.

Os motores AMG são os mais caros em cada classe Mercedes-Benz. Construídos na fábrica da AMG na Alemanha, existem mais de 20 modelos disponíveis, variando em potência, capacidades e recursos. Alguns dos mais conhecidos empurram os Classe C e Classe E.

As principais considerações ao comprar um Mercedes-Benz

Cada marca é conhecida por características diferentes. Algumas das distinções entre as várias marcas de carros incluem a alta ou baixa qualidade, defeitos e recalls, vida útil longa ou curta, facilidade ou dificuldade para manter e encontrar peças de reposição, luxo ou despojamento, recursos tecnológicos e afins.
Se você está interessado em fazer parte da família Mercedes-Benz pela primeira vez ou está fazendo um “up-grade”, é bom estar ciente de alguns fatos sobre esses carros.
Sobre os automóveis da Mercedes-Benz, há pelo menos seis considerações importantes que você deve fazer, desde comprar um novo ou usado, opções de financiamento, qual modelo comprar, preocupações com manutenção, seguro e, finalmente, as perspectivas de longo prazo.

Continue lendo.

Novo ou usado

Se você precisa de um carro, existem duas opções: novo ou usado.
Simples assim… mas esta será provavelmente uma das maiores decisões que você terá que tomar antes de dirigir um Mercedes-Benz e muitos fatores podem afetar essa decisão: custo, preferências pessoais, origem do veículo, entre outras coisas.
Definitivamente, existem muitos prós e contras de comprar um Mercedes novo, assim como a compra de um carro usado.

Prós e contras de comprar um Mercedes-Benz novinho

Parabéns! Você será o proprietário daquele carro! São muitos os benefícios disso, além da ótima sensação de ser “o primeiro” a dirigi-lo. Isso também significa que você irá usá-lo em suas melhores condições. Não tem arranhões, acidentes, falhas e a quilometragem ainda está nas configurações de fábrica. Você estará comprando uma unidade motriz Mercedes de um revendedor autorizado.

Mas há também desvantagens: você estará comprando este carro pelo preço mais alto. Esta marca é premium, então você pode esperar pagar algo considerável. Dependendo de como você planeja financiar isso e sua própria condição financeira, pode ou não ser uma boa ideia. Os carros se depreciam rapidamente com o uso e, depois de alguns anos, o valor cai surpreendentemente. Se você decidir vender seu Mercedes-Benz usado depois de alguns anos, poderá ver uma enorme redução no preço do que pagou originalmente.

Prós e contras de comprar um Mercedes-Benz usado

Por outro lado, se você está pensando em comprar um Mercedes usado, uma das principais vantagens é o preço mais baixo que você pode esperar pagar. Os veículos usados dessa marca ​​geralmente têm baixa quilometragem e podem estar em boas condições, tornando-os um bom investimento.
Porém, existem alguns “contras” de comprar um Mercedes usado: o carro pode ter passado por muita coisa, dependendo do proprietário anterior; por quanto tempo ele o teve e quanta atenção ele dedicou ao veículo. Pode parecer bom do lado de fora, mas pode haver alguns problemas que só podem ser detectados por um olho treinado.
Outro problema com um Mercedes usado é que as peças de reparo e manutenção podem ser caras quando o período de garantia do carro terminar. Por isso, muitos acreditam que quando se quer um Mercedes-Benz, comprar um novo será a melhor opção.
Quando nos referimos a um carro como o Mercedes-Benz, estamos falando de uma relação diferenciada entre um carro premium e “seu dono”. Obter informações com o vendedor é crucial para um bom negócio.

Fonte

Comprar um Mercedes novo pode ser muito mais fácil do que pensa porque não precisará procurar muito para encontrar um revendedor autorizado, licenciados e aprovados pela Mercedes-Benz para vender seus veículos de luxo.
Isso também significa que eles cumprem a promessa da marca e proporcionam uma excelente experiência ao cliente, aquilo que você pode esperar de um fabricante de automóveis de última geração.

Ao entrar em uma concessionária Mercedes-Benz, como a AGO Barra, por exemplo, percebemos o cuidado com os detalhes e a forma como folhetos, manuais e tantas formas de nos manter bem informados estão ali, ao alcance das mãos, para que possamos discutir os detalhes da aquisição do carro com propriedade e conhecimento, além de contar com os vendedores tão especializados sobre os modelos daquela marca.

(Gildo Pires e Eduardo Barros , consultor comercial da AGO Barra   –   Foto: Gildo Pires)

No entanto, quando você compra um Mercedes-Benz usado, pode não ter acesso a tudo isso.
Existem muitos tipos de vendedores de veículos usados. Alguns podem ser revendedores respeitáveis, especializados em Mercedes usados, com qualidade e toda a devida diligência feita e documentada para você. Outros revendedores não são tão completos ou formais, então você pode não obter a mesma garantia e ótimo serviço que vem com os revendedores “sérios”.
Se você decidir comprar de um “particular”, busque alguém que você conheça pessoalmente ou tenha sido indicado (mesmo que você não conheça a pessoa que está vendendo o Mercedes usado, ainda poderá sair com um bom negócio). Tudo o que você precisa fazer é descobrir o que puder sobre o carro, obter uma inspeção de um especialista em reparo de automóveis e colocar as mãos no relatório do histórico do veículo.

De quem você compra o carro importa!

Um carro usado tem algo que um novo não tem – uma história.
Se o carro tem um ou vários anos, não importa: muita coisa pode ter acontecido com o proprietário ou proprietários anteriores. Acidentes podem causar grandes danos ao chassi e ao motor. Há algumas coisas que você pode nunca saber sobre um carro usado, a menos que seja proativo em descobri-las: quaisquer fatos notáveis ​​na história do carro que ele possa não estar compartilhando. Obtenha o relatório do histórico do veículo e esclareça todas as dúvidas que tenham surgido. Lembre-se: para cada ano que o veículo esteve em uso, a depreciação aconteceu naturalmente.

Inspeção do carro

Não se sinta intimidado ou com vergonha de se fazer acompanhar por uma especialista quando for comprar um Mercedes-Benz usado. Normalmente o carro tem um registro de serviço e manutenção, onde deve constar inclusive eventuais reparos. O especialista pode examinar o motor do carro, sistema de escapamento e transmissão, carroceria e todas as outras partes que você talvez não conheça tão bem. Durante a inspeção, pode detectar um problema que não fora revelado pelo proprietário ou não conste no histórico do carro.

Quilometragem

Outra coisa que os carros usados ​​têm que os novos não têm é a “quilometragem”.
Quanto maior a quilometragem, mais o Mercedes foi usado.
Os proprietários de automóveis que tenham percorrido mais de 155 mil milhas (aproximadamente 250 mil quilômetros) de condução recebem o prêmio Mercedes-Benz Classic High Mileage.

A Mercedes-Benz introduziu pela primeira vez o High Mileage Award na década de 1960 para reconhecer os veículos Mercedes-Benz ainda em circulação que atingiam mais de 100 mil milhas (aproximadamente 161 mil quilômetros), com alguns até ultrapassando a marca de 1 milhão de milhas. O programa continua hoje. Se o seu carro tiver mais de 155 mil milhas (250 mil quilômetros), você é elegível para um emblema de grade, há uma lista de cada marco de quilometragem abaixo. Visite a página do Programa High Mileage no MBUSA para baixar sua inscrição para um Distintivo Prêmio High Mileage.

Parte do processo é ter sua quilometragem verificada (qualquer concessionária Mercedes-Benz pode fazer isso). Você receberá o certificado e um belo emblema de grade alcançando as seguintes marcas: 155 mil milhas (250 mil quilômetros), 312 mil milhas (500 mil quilômetros), 466 mil milhas (750 mil quilômetros), 625 mil milhas (1 milhão de quilômetros) e 1 milhão de milhas (1,61 milhões de quilômetros).

Uso e Cuidados

Para encerrar, você deve observar mais uma coisa importante. A forma como o carro foi usado e cuidado afeta sua vida útil e o tipo de problemas que ele apresentará. Por exemplo, um carro pode estar com um proprietário por vários anos com uso muito baixo. Digamos que ele trabalhava em casa e dirigia apenas algumas vezes por semana. Embora a depreciação normal seja esperada, você não pode compara-lo com outro proprietário que dirigia diariamente e fazia muitas viagens de longa distância. Mesmo que ele tivesse o carro apenas por um ano, o desgaste foi muito diferente por causa de como ele o utilizava.

(Mercedes-Benz AMG – Foto: Gildo Pires)

Opções de Custo e Financiamento

Agora que já consideramos importantes aspectos sobre sua primeira grande decisão – a compra de um Mercedes-Benz novo ou usado – é hora de passar para alguns outros pontos que irão ajudá-lo a fazer a escolha certa.
Ao comprar algo novo, você não pode ignorar o custo.
Os carros Mercedes-Benz são veículos de luxo, por isso não são baratos. Compra-lo novo ou usado implicará em fazer um desembolso considerável de dinheiro ou se comprometer com um financiamento.
Um carro pode ser uma compra funcional e luxuosa, dependendo de qual carro será, de sua situação particular e intenções.
Quando se trata de uma compra importante, como adquirir um Mercedes-Benz, você precisará tomar uma “decisão financeira” para não se arrepender daqui a alguns anos.
Existem algumas propostas tentadoras para financiar um carro novo, mas pode decidir fazer a compra em dinheiro e essa é sempre uma ótima opção se os fundos estiverem disponíveis. Você conclui a negociação de uma só vez e não precisa se preocupar com nenhum empréstimo recorrente e pagamentos de juros.
Antes de comprar um Mercedes, descubra o custo dos vários modelos nas versões novas e usadas.
Determine um teto para o seu orçamento e cumpra-o.
Você não quer que os pagamentos do seu carro afetem suas outras obrigações financeiras. Mesmo que você possa pagar facilmente neste momento, você precisa olhar adiante, no longo prazo, e ainda verificar se levou em conta as necessidades financeiras inesperadas.

O modelo do carro

Se você está decidido a comprar um Mercedes-Benz, deverá escolher um modelo e uma classe específicos. Como já mencionado, existem muitas opções disponíveis nesta marca, quer você queira algo como um veículo pessoal leve ou algo maior e mais pesado, desde os carros “populares” como a Classe C e Classe E até uma versão AMG.

Mercedes Benz Classe C e Classe E

O Classe C foi lançado pela primeira vez em 1993 e mundialmente essa categoria inclui sedans e wagons, executivos e compactos, modelos de carroceria Estate, Coupé e Cabriolet.
O modelo Classe E também possui opções de carroceria sedan e wagon, executivo, modelos Estate, Coupé e Cabriolet.
Você também pode encontrar modelos elétricos e híbridos.

(Plinio Calenzo e a Mercedes GT 43 AMG na AGO Barra – Foto: Gildo Pires)

Reparo e manutenção

Continuando, você deve pensar nos requisitos de reparo e manutenção quando decidir se tornar proprietário de um Mercedes-Benz. Esses carros podem exigir um grande investimento de capital na aquisição, mas isso não é tudo que você vai pagar. Há também custos de manutenção e conservação. Todos os carros exigem despesas como combustível, óleo, serviço de manutenção regular e reparos ocasionais menores e maiores. A maioria deles é padrão e fácil de incluir no seu orçamento. Quando se trata de reparos veiculares, no entanto, eles geralmente surgem de forma inesperada.
Naturalmente, os carros usados ​​vão precisar de muito mais manutenção do que os mais novos.
Antes da compra, certifique-se de ler os requisitos de manutenção dos modelos que você está considerando. Para os carros novos, o revendedor pode cuidar de muitos desses serviços padrão porque o serviço do carro é coberto pela garantia.
Quando o carro estiver em uso por algum tempo e o período de garantia terminar, você terá que pagar pelo trabalho de reparo e manutenção do próprio bolso, a menos que parte dele seja coberto pelo seu seguro.
Para a AMG, você pode esperar requisitos de cuidados mais caros.

Seguro

O seguro é outro custo recorrente que vem com a propriedade. Um Mercedes-Benz é um item de alto valor, então você precisa descobrir o melhor tipo de seguro, cobertura em caso de acidentes e quaisquer outros incidentes. Converse com seu agente de seguros sobre o melhor plano para um carro caro. Você também pode obter recomendações do revendedor ou ler por conta própria.
Quando você encontrar uma apólice de seguro, leia os detalhes para saber o que está coberto e o que não está coberto.

(Gildo Pires e Plinio Calenzo na AGO Barra   –   Foto: Gildo Pires)

Finalizando

Uma das melhores coisas de um Mercedes é o luxo que ele oferece.

Com ele você não estará errando na escolha por um modelo premium para levar para casa.

Os carros AMG e Mercedes-Benz são ótimos para comprar como novos, mas você poderá encontrar alguns desafios específicos ao comprar um usado.

Seja qual for, poderá conhecer e decidir-se pelo modelo e melhores condições na AGO, concessionária Mercedes-Benz, na Barra da Tijuca, na cidade do Rio de Janeiro.

Nossos agradecimentos a Rodrigo Nachbar pela gentil atenção.

Adquira um carro inesquecível na AGO Barra.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.